Tag Archives: Teatro Infantil

Grupo Esparrama promove lives com temas musicais com o Mundo Aflora e o cantor Melvin Santhana

No próximo fim de semana, dias 14 e 15 de agosto de 2021, às 15:00, o Grupo Esparrama realiza lives da temporada “Conheça Outro Fim”, que vai até setembro com apresentações de literatura, audiovisual, dublagem, música, ilustração e outras expressões artísticas. E promove também bate-papos com pesquisadores e artistas que atuam com as infâncias.

As apresentações são gratuitas e serão transmitidas no Facebook do Grupo Esparrama (www.facebook.com/grupoesparrama) com tradução em Libras.

Na série de lives, o Grupo Esparrama recebe artistas de múltiplas linguagens para apresentar releituras poéticas de temas abordados em seu premiado espetáculo “FIM?”, como a necessidade de recuperar a natureza e a urgência em se pensar formas de consumo conscientes e sustentáveis, além de tratar do fim que pode se dar pela falta do encontro do ser humano com o seu outro, fruto da falta de diálogo, da ausência de afetos e da falta de empatia com a dor alheia.

Na live de sábado, dia 14 de agosto de 2021, às 15:00, acontece um bate-papo com Angelo Mundy e Flora Poppovic que através de um encontro musical chamado Mundo Aflora, transitam por tradições populares do Brasil e outras manifestações artísticas do mundo, encantando bebês, crianças e adultos.

O grupo compartilhará experiências vividas durante as apresentações que combinam coreografias, música corporal, instrumentos não-convencionais e brincadeiras com a plateia, transcendendo o que se espera de um show de música com muita poesia, movimento e grande variedade de elementos cênicos, proporcionando a conexão do público com o espírito verdadeiro da infância. 

Já no domingo (15 de agosto), às 15:00, o cantor, compositor e multi-instrumentista Melvin Santhana apresenta uma releitura do espetáculo FIM? a partir de sua pesquisa musical, que possui forte influência na diáspora africana, com elementos do funk, rap, trap, soul, samba, afro-beat, entre outros. 

Com quase vinte e cinco anos de carreira, o artista já atuou com Bootsy Collins (James Brown/Parliament Funkadelic), Racionais mc’s, Jair Rodrigues, Os Originais do Samba, Tony Tornado, Sandra de Sá, Paula Lima, Negra Li, Tassia Reis, Luedji Luna, entre outros. Foi vocalista e guitarrista da banda Os Opalas e atualmente integra o projeto Boogie Naipe, do rapper Mano Brown (Racionais Mc’s), com quem participou da edição de 2019 do Festival Rock In Rio, além de participar de projetos de outras linguagens como a peça-show “Farinha com Açúcar… Ou Sobre a Sustança de Meninos e Homens” (Coletivo Negro), o espetáculo de circo “Prot(agô)nistas”, a série “Axogun” (Aurora Filmes) e em 2019 estreou o curta-metragem “Sem Asas” da diretora Renata Martins.

Além das lives artísticas, o Grupo Esparrama convida escolas e profissionais da educação para participarem de uma série de lives paradidáticas todas as quintas e sextas-feiras, até 23 de setembro, sempre às 15:00. Nesses dias, o espetáculo FIM? será transmitido na íntegra, com tradução em Libras, e após a apresentação haverá uma live com interação com o elenco. 

Podem participar estudantes e profissionais da educação e o Grupo Esparrama irá disponibilizar gratuitamente um material paradidático, com propostas que dialogam com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS, da ONU, produzido em parceria com a educadora Laila Sala e a ilustradora Marina Silva.

O material será composto pelo “Almanaque do Fim”, um caderno de atividades lúdicas para as crianças, a partir dos temas discutidos no espetáculo, site com materiais exclusivos para profissionais da educação com textos, referências e sugestões de sequências de aulas, ampliando possibilidades de abordagens dos temas em sala de aula e uma série de vídeos lúdicos de apoio, com o elenco de palhaçaria do grupo introduzindo as propostas de atividades sugeridas no site e no caderno do aluno.

Para agendar a participação as comunidades escolares devem acessar o formulário fixado na página do grupo no Facebook ou na bio do Instagram @grupoesparrama

O espetáculo FIM? foi criado em 2016 e recebeu o Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem (Melhor Espetáculo na categoria Sustentabilidade), foi eleito o Melhor Espetáculo Infantil do Ano pelo voto popular do Guia da Folha de SP, eleito o Segundo Melhor Espetáculo Infantil do Ano pelos críticos do jornal Estadão, além de ter sido indicado ao Prêmio Governador do Estado 2017.

As ações fazem parte do projeto contemplado na 11ª edição do Prêmio Zé Renato, da Secretaria de Cultura da cidade de São Paulo. 

Mais informações em: www.facebook.com/grupoesparrama e www.instagram.com/grupoesparrama

SERVIÇO: “Conheça Outro Fim”

Com Grupo Esparrama e pessoas convidadas

SINOPSE: Temporada de lives com pesquisadores e artistas de diversas linguagens apresentando e comentando releituras do premiado espetáculo FIM? do Grupo Esparrama, levando para o universo infantil com muita poesia e delicadeza, temas complexos como a necessidade de preservação do meio ambiente, a importância da empatia e a necessidade de diálogos mais saudáveis na sociedade.

Grátis – Classificação Livre – Acessibilidade: Tradução em Libras

Onde assistir: Facebook do Grupo Esparrama – Link: www.facebook.com/grupoesparrama 

Quando: 14 de agosto de 2021 – Participação: Mundo a Flora

Quando: 15 de agosto de 2021 – Participação: Melvin Santhana – MúsicaHorários: sábados e domingos, sempre às 15:00

Próximas atrações: 

Quando: 21 de agosto de 2021 – Participação: Grupo Catarsis

Quando: 22 de agosto de 2021 – Participação: Sandro Gattone e Nilton Santos – Teatro de Animação

Quando: 28 de agosto de 2021 – Participação: a confirmar

Quando: 29 de agosto de 2021 – Participação: Marina Faria – ilustração

Quando: 04 de setembro de 2021 – Participação: Pepi da Silva – ilustração

Quando: 05 de setembro de 2021 – Participação: Bruta Flor Filmes – Audiovisual

Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini – Cel: (11) 99568-8773 – lucigandelini@gmail.com

Grupo Esparrama recebe a Comunidade Cultural Quilombaque e o coletivo Colapso em série de lives

No próximo fim de semana, dias 07 e 08 de agosto de 2021, às 15:00, o Grupo Esparrama realiza lives da temporada “Conheça Outro Fim”, que vai até setembro com apresentações de literatura, audiovisual, dublagem, música, ilustração e outras expressões artísticas. E promove também bate-papos com pesquisadores e artistas que atuam com as infâncias.

As apresentações são gratuitas e serão transmitidas no Facebook do Grupo Esparrama (www.facebook.com/grupoesparrama) com tradução em Libras.

Na série de lives, o Grupo Esparrama recebe artistas de múltiplas linguagens para apresentar releituras poéticas de temas abordados em seu premiado espetáculo “FIM?”, como a necessidade de recuperar a natureza e a urgência em se pensar formas de consumo conscientes e sustentáveis, além de tratar do fim que pode se dar pela falta do encontro do ser humano com o seu outro, fruto da falta de diálogo, da ausência de afetos e da falta de empatia com a dor alheia.

Na live de sábado, dia 07 de agosto de 2021, às 15:00, acontece uma conversa entre o Grupo Esparrama e a Comunidade Cultural Quilombaque, com ambos compartilhando experiências adquiridas nas práticas culturais e educativas que se tornam potências dos territórios onde atuam.

A Comunidade Cultural Quilombaque é um movimento político e étnico cultural regido pelos tambores. Uma organização sem fins lucrativos que surgiu em 2005, a partir da iniciativa de um grupo de jovens de Perus, bairro periférico da zona noroeste de São Paulo, que concentra os piores índices socioeconômicos e culturais, onde as maiores vítimas são os jovens. 

Quem participa da conversa representando a Quilombaque é Valmir Sant’anna, que é ator, palhaço e articulador cultural, atuando com a arte educação com foco na infância, buscando o desenvolvimento do imaginário lúdico  da cultura afro-brasileira. E também Camila Cardoso, que dentro da comunidade coordena os projetos Museu Tekoa Jopo’i e  “Agência de Turismo Queixadas”, e é palhaça, produtora cultural, arte educadora, jongueira da Comunidade Jongo do Coreto e participa da Água de Chocalho, que atua com a infância e a ludicidade de crianças pretas, pobres e periféricas.

E no domingo (08 de agosto), às 15:00, a live acontece com a participação de Leonardo Souzza, que é cinegrafista, editor de vídeo, fotógrafo, artista visual e fundador do coletivo audiovisual Colapso, produtora audiovisual independente desde 2013, com foco em teatro e artistas independentes.

Além das lives artísticas, o Grupo Esparrama convida escolas e profissionais da educação para participarem de uma série de lives paradidáticas todas as quintas e sextas-feiras, de 05 de agosto até 23 de setembro, sempre às 15:00. Nesses dias, o espetáculo FIM? será transmitido na íntegra, com tradução em Libras, e após a apresentação haverá uma live com interação com o elenco. 

Podem participar estudantes e profissionais da educação e o Grupo Esparrama irá disponibilizar gratuitamente um material paradidático, com propostas que dialogam com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS, da ONU, produzido em parceria com a educadora Laila Sala e a ilustradora Marina Silva.

O material será composto pelo “Almanaque do Fim”, um caderno de atividades lúdicas para as crianças, a partir dos temas discutidos no espetáculo, site com materiais exclusivos para profissionais da educação com textos, referências e sugestões de sequências de aulas, ampliando possibilidades de abordagens dos temas em sala de aula e uma série de vídeos lúdicos de apoio, com o elenco de palhaçaria do grupo introduzindo as propostas de atividades sugeridas no site e no caderno do aluno.

Para agendar a participação as comunidades escolares devem acessar o formulário fixado na página do grupo no Facebook ou na bio do Instagram @grupoesparrama

O espetáculo FIM? foi criado em 2016 e recebeu o Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem (Melhor Espetáculo na categoria Sustentabilidade), foi eleito o Melhor Espetáculo Infantil do Ano pelo voto popular do Guia da Folha de SP, eleito o Segundo Melhor Espetáculo Infantil do Ano pelos críticos do jornal Estadão, além de ter sido indicado ao Prêmio Governador do Estado 2017.

As ações fazem parte do projeto contemplado na 11ª edição do Prêmio Zé Renato, da Secretaria de Cultura da cidade de São Paulo. 

Mais informações em: www.facebook.com/grupoesparrama e www.instagram.com/grupoesparrama

SERVIÇO: “Conheça Outro Fim”

Com Grupo Esparrama e pessoas convidadas

SINOPSE: Temporada de lives com pesquisadores e artistas de diversas linguagens apresentando e comentando releituras do premiado espetáculo FIM? do Grupo Esparrama, levando para o universo infantil com muita poesia e delicadeza, temas complexos como a necessidade de preservação do meio ambiente, a importância da empatia e a necessidade de diálogos mais saudáveis na sociedade.

Grátis – Classificação Livre – Acessibilidade: Tradução em Libras

Onde assistir: Facebook do Grupo Esparrama – Link: www.facebook.com/grupoesparrama 

Horários: sábados e domingos, sempre às 15:00

Quando: 07 de agosto de 2021 – Participação: Quilombaque

Quando: 08 de agosto de 2021 – Participação: Colapso Produção – Audiovisual

Próximas atrações: 

Quando: 14 de agosto de 2021 – Participação: Mundo a Flora

Quando: 15 de agosto de 2021 – Participação: Melvin Santhana – Música

Quando: 21 de agosto de 2021 – Participação: Grupo Catarsis

Quando: 22 de agosto de 2021 – Participação: Sandro Gattone e Nilton Santos – Teatro de Animação

Quando: 28 de agosto de 2021 – Participação: a confirmar

Quando: 29 de agosto de 2021 – Participação: Marina Faria – ilustração

Quando: 04 de setembro de 2021 – Participação: Pepi da Silva – ilustração

Quando: 05 de setembro de 2021 – Participação: Bruta Flor Filmes – Audiovisual

Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini – Cel: (11) 99568-8773 – lucigandelini@gmail.com

Trupe DuNavô transforma a casa em picadeiro no #EmCasaComSesc

No dia 24 de abril de 2021, às 15h00, o #EmCasaComSesc recebe a Trupe DuNavô para uma live especial do espetáculo de teatro “É mesmo uma Palhaçada”. O espetáculo será transmitido ao vivo gratuitamente pelos canais do Sesc São Paulo na internet (youtube.com/sescsp e instagram.com/sescaovivo).

Foto Julio Leão

“É mesmo uma Palhaçada” é um espetáculo de improviso da Trupe DuNavô que, em razão da pandemia da COVID-19, foi adaptado para o formato virtual e se transformou em uma grande experiência de interação digital entre palhaços, crianças e suas famílias. 

O espetáculo conta a história de um grupo de palhaçaria que, ao se preparar para realizar uma live, percebe que está com um cenário montado que não é deles. Para entreter o público e encontrar uma solução para sair de enrascada, a trupe passa a vasculhar o cenário e a casa onde estão, para encontrar objetos que possam ajudar nesse improviso. 

Passeando por ilusionismo, mágica, dança e outras variedades circenses, a Trupe DuNavô apresenta cenas clássicas e autorais, arrancando boas gargalhadas e convidando o público para um verdadeiro resgate da memória do circo.

Durante o espetáculo a Trupe DuNavô vai inspirar as crianças a buscar elementos de suas casas e objetos inusitados que possam ser transformados em elementos de cena, para uma divertida brincadeira circense com malabares, demonstrando que é possível se divertir sem sair de casa.

Em abril de 2021, a Trupe DuNavô, que é formada por Gabi Zanola, Gis Pereira, Renato Ribeiro e Vinicius Ramos, comemora onze anos de pesquisa com a arte da palhaçaria, utilizando o espaço urbano e a interação que se estabelece entre o palhaço e as pessoas nesse contexto, como matéria prima de seus processos de criação.

Com seus diferentes projetos a trupe já passou por importantes palcos do teatro e do circo, entre eles: Espaço dos Parlapatões, Festival Nacional de Teatro de Jales, XII Festival Nacional de Teatro de Limeira, Circuito SP de Cultura, Festival Risadaria, Circuito Cultural Paulista (APAA-Associação Paulista de Amigos da Arte), Festival Paulista de Circo, Viagem Teatral SESI 2017, Galpão do Folias, Virada Sustentável, Festival em Janeiro Teatro para Criança é o Maior Barato,  além de circular por diversas unidades do SESC de São Paulo e Capital, Fábricas de Cultura e teatros distritais;

Para saber mais sobre a Trupe DuNavô acesse: www.facebook.com/DuNavo 

Instagram: @trupedunavo 

FICHA TÉCNICA 

Elenco: Gabi Zanola e Renato Ribeiro | Direção: Trupe DuNavô | Cenário e Figurino: Trupe DuNavô | Trilha: Renato Ribeiro | Operação de som: Vinicius Ramos | Produção e Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini

SERVIÇO: 

É mesmo uma Palhaçada

Programação #EmCasaComSesc

Um grupo de palhaçaria se prepara para fazer a live de um espetáculo. Arrumam as luzes, checam se o público está se conectando para assistir, mas de repente percebem que estão com o cenário errado montado. Na frente da plateia virtual, essa trupe circense se dá conta de que foi parar na “live errada” e passa a improvisar cenas, enquanto vasculha o cenário e a casa para encontrar objetos que possam ajudar nesse improviso. Passeando por ilusionismo, mágica, dança e outras variedades circenses, eles se revezam apresentando cenas clássicas e autorais, arrancando boas gargalhadas! E convidam o público para um verdadeiro resgate da memória do circo.

Duração: 50 minutos

Quando: 24 de abril de 2021 – Sábado – Horário: 15h00

Grátis – Classificação Livre

Para assistir acesse: youtube.com/sescsp e instagram.com/sescaovivo

Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini – Cel (11) 99568-8773 – lucigandelini@gmail.com

Cia. Mundu Rodá se conecta com as crianças com história de superação, coragem e muita esperança

De 26 a 30 de março de 2021, a Cia. Mundu Rodá realiza apresentações gratuitas e com tradução em Libras do espetáculo infantil “Vida de cão, coração de herói”, através do Facebook (www.facebook.com/munduroda) e do Youtube (www.youtube.com/munduroda). 

Na adaptação inédita do espetáculo “Vida de cão, coração de herói” para a internet, a Cia. Mundu Rodá mergulha no universo infantil e convida as crianças e suas famílias a refletirem sobre o meio ambiente e a importância do cuidado com a natureza.

Com leveza e poesia, o espetáculo conta a história de um cãozinho vira-lata que em seu “barco” improvisado, o Titanica, vai se aventurar pela lama que cobriu sua casa e toda sua vizinhança para procurar sua família, da qual ele acabou se perdendo durante a fuga.

Nessa grande e inusitada jornada, o cão chega ao Rio Doce, onde conhece vários personagens que irão tentar ajudá-lo a alcançar o seu objetivo. 

Com músicas, animações e um cenário marcante, a Cia, Mundu Rodá se conecta com as crianças neste período de isolamento social para contar uma história de superação, coragem e de muita esperança.

A história é baseada no rompimento de uma das barragens da mineradora Samarco, localizada no município de Mariana-MG, em 05 novembro de 2015. Um dos maiores desastres ambientais ocorridos no mundo, que além de devastar a comunidade rural de Bento Rodrigues com uma avalanche de rejeitos de minérios de ferro, produziu uma lama tóxica soterrou plantas, animais e toda vida aquática por onde passava, chegando até a foz do Rio Doce, invadindo o mar na cidade de Regência, no Espírito Santo.

A adaptação inédita da peça infantil “Vida de cão, coração de herói” para o formato digital abre a temporada da Cia. Mundu Rodá, que contará ainda com os espetáculos Memórias da RabecaARIGÓS: bandeira, espinha-de-peixe, cara-de-gato e o novo projeto musical de Alício Amaral com composições inéditas. 

Ao todo a mostra de repertório da Cia Mundu Rodá será composta por vinte e quatro apresentações gratuitas até o final do mês de abril, todas com tradução em libras e seguidas de bate papo ao vivo com a equipe de criação de cada um dos espetáculos. 

Com vinte anos de estrada, a Cia Mundu Rodá (SP), fundada por Juliana Pardo e Alício Amaral, vem construindo uma linguagem cênica própria a partir da observação, do contato e do diálogo com as Danças Tradicionais Brasileiras e o Trabalho do Ator/Músico/Bailarino.

Ministrando aulas, oficinas, preparações e com oito espetáculos em seu repertório: Donzela Guerreira (2007); Sambada de Reis (2005); Estrada (2010); Memórias da Rabeca (2017); Show Rabeca Primeira Sonora (2018); Figuras Inesperadas (2018); Vida de Cão, Coração de Herói (2019); Arigós -Bandeira, Espinha-de-Peixe, Cara-de-Gato (2020), o grupo já viajou os rincões do Brasil e expandiu sua atuação para países como China, Dinamarca, França, Inglaterra, República Tcheca, Itália e Portugal

As ações fazem parte do projeto Vida de Cão, Coração de Herói online! contemplado no Edital PROAC EXPRESSO LAB 38/2020 – Produção de Infanto juvenil (PJ) – Estado de São Paulo.

Mais informações em:  www.munduroda.com / Facebook: Mundu Rodá / Instagram: @munduroda

Assista o teaser do espetáculo em: https://www.youtube.com/watch?v=UrHPCaLKQzY

Sinopse

O rio que era Doce, azedou…

Pense num cachorro manso, brincalhão, que adorava sua dona e que vivia num vilarejo bonito e tranquilo. Pensou?!?! Agora, pense, também, numa onda gigante, mas gigante mesmo, de lama tóxica inundando todo esse povoado e deixando o bichinho sozinho. Deu ruim, né?

É assim que começa a estória de Vida de Cão – Coração de Herói.

Sem sinais de resgate, o esperto vira-lata decide, então, embarcar numa poltrona toda destruída e navegar pelo Rio Doce em busca da sua família da espécie “gente”: uma viagem pelo leito contaminado repleta de surpresas, emoção e aprendizagem. Até onde vai essa aventura enlameada?

Quando: de 26 a 30 de março de 2021

Horários: 26 de março (sexta-feira), às 10h00 e 16h00

Dias 27 (sábado), 28 (domingo), 29 (segunda-feira) e 30 de março (terça-feira), às 16h00. 

Onde assistirwww.facebook.com/munduroda e www.youtube.com/munduroda

Classificação Livre – Grátis

Duração: 60 minutos

Acessibilidade: Tradução simultânea em Libras

Ficha Técnica

Direção: Juliana Pardo | Dramaturgia e Texto: Alessandro Toller | Atuação, Direção e Criação Musical: Alício Amaral | Musicista em Cena e Criação Musical: Amanda Martins | Figurinos e Adereços: Emilia Reily | Cenografia e Ilustrações: Giorgia Massetani | Cenotecnia: Alicio Silva | Assistente de Cenotecnia: Juliana Magalhães | Desenho de Luz e Técnico de Som: Eduardo Albergaria | Projeção de Imagem, Concepção e Animação: Ana Luisa Anker | Direção de Arte: Paula Galasso e Luiz Cabral | Animação: Pedro Brandão | Produção Geral e Contrarregragem em Cena: Mariana Pardo| Contrarregragem em Cena: Tiago Moraes | Voz em Off “Lama”: Cibele Mateus e Juliana Pardo | Confecção Boneca Pacumã e Máscara Sonora Batik Krenak: Adriano Castelo Branco | Assessoria Artística: Luiz Cabral | Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini | Produção Executiva: Movimenta Produções | Local dos Ensaios: Casa Mundu Rodá | Local de Gravação: Teatro Flávio Império | Concepção: Cia. Mundu Rodá| Apoio: Cooperativa Paulista de Teatro | Treinamento e Pesquisa sobre Congada e Moçambique (MG): Marcinho dos Santos – Mestre em Gungas | Primeira Etapa – Contrarregragem em Cena (Lama): Cibele Mateus | Treinamento Corporal: Alex Merino e Kalil Moreira (FIT360) |  Cão Personal: Elvis Presley

Equipe do Registro Audiovisual: Direção e Edição: Rica Saito | Operadores de Câmera: Fernando Solidade Soares, Baltazar Lima e Renata Castanhari | Produção: Temporal Filmes 

Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini – Cel (11) 99568-8773 – lucigandelini@gmail.com

Trupe DuNavô apresenta Refugo Urbano no SESI Mogi das Cruzes com entrada gratuita!

Foto: Sissy Eiko

No próximo sábado, a Trupe DuNavô apresenta seu premiado espetáculo Refugo Urbano no SESI Mogi das Cruzes.  Uma delicada fábula urbana que promete encantar adultos e crianças com uma “quase” história de amor entre palhaços!

Trupe DuNavô apresenta espetáculo premiado em Mogi pelo Viagem Teatral SESI 2019

No dia 20 de abril de 2019 (sábado), o premiado grupo de teatro infantil Trupe DuNavô, realiza duas apresentações gratuitas do espetáculo Refugo Urbano no SESI Mogi das Cruzes, como parte de sua temporada no projeto Viagem Teatral SESI 2019. A primeira apresentação acontece às 15h e a segunda às 19h.

O público de Mogi das Cruzes e Região poderá conhecer e se apaixonar pela história dos palhaços Pamplona e Claudius, que nesta temporada já foi apresentada nos SESI’s Mauá e Santos, e segue ainda para Araraquara e São Paulo.

Conhecida por apresentar espetáculos sensíveis e de muita qualidade, a Trupe DuNavô – que é formada por Renato Ribeiro, Gis Pereira, Vinicius Ramos e Gabi Zanola, apresenta o universo de uma catadora de lixo e de um lixeiro, retratado de forma sensível e criativa. O cenário, construído a partir de objetos descartados, é o ambiente onde os palhaços Pamplona e Claudius irão se encontrar para viver uma possível história de amor.

A partir deste improvável encontro em um beco esquecido da cidade, se estabelece uma delicada e encantadora fábula urbana, que desde a sua criação surpreendeu o público e agradou a crítica especializada.  

O espetáculo Refugo Urbano foi vencedor do Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem, um dos mais importantes prêmios de teatro da América Latina, na categoria Prêmio Sustentabilidade, pelo uso criativo de sucatas e material reciclado, retratando com sensibilidade o universo de pessoas em situação de vulnerabilidade social nas grandes cidades. Na mesma premiação foi indicado na categoria Melhor Atriz (Gabi Zanola) pela atuação como Pamplona. Em uma votação especial organizada para escolher os melhores do ano, o espetáculo foi eleito pelos leitores do Guia Folha como Melhor Espetáculo Infantil do Ano de 2015.

Com brincadeiras circenses, corpo cômico, malabarismo e o divertido jogo do palhaço, o espetáculo traz para o palco o resultado dos experimentos anteriores da trupe, pesquisando a máscara do palhaço e realizando intervenções urbanas, onde entraram em contato com a realidade das ruas do centro de São Paulo e de algumas periferias.

Dessa forma, a Trupe aprofunda suas pesquisas em torno do que chamou de “universo dos invisíveis”, colocando sobre essa realidade outra perspectiva, explorando o que há de mágico na fria e crua realidade de quem vive à margem na sociedade.

Ao abordar, de maneira delicada, temas não habituais a crianças e adolescentes, a Trupe DuNavô busca estabelecer uma conexão saudável com todo tipo de sentimento, possibilitando um olhar mais humano para o que a criança se deparará ao longo da vida, estimulando assim a construção de uma outra compreensão de mundo.

Se você ainda não conhece o trabalho dessa divertidíssima trupe, se programe para participar desta apresentação. Mais informações acesse: www.facebook.com/DuNavo

Espetáculo Refugo Urbano

Dois mundos excêntricos, caos e ordem, ligados pela ação da transformação. Dois seres intrigantes e complexos. Claudius é organizado, comedido e cuidadoso. Pamplona é vibrante, emocional, e guarda consigo um universo único debaixo de seus sacos plásticos e papelões. Eles não se conhecem… ainda! Porém juntos, descobrirão o que há de mágico na trágica crueza das ruas. A Trupe DuNavô apresenta uma história de sentimentos, humanidade, sonhos, amor… e palhaços!

Quando: 20 de abril de 2019 – Sábado, às 15h00 e 19h (duas sessões)

Onde: SESI MOGI DAS CRUZES – Endereço: Rua Valmet, 171 – Brás Cubas – Mogi das Cruzes/SP – CEP 08740-640.

Telefone: (11) 4723-6900

Classificação: A partir de 4 anos

Entrada Gratuita

Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini – Cel.: 99568-8773 – lucigandelini@gmail.com