Vem vamos embora que esperar não é saber, quem sabe faz a hora, não espera acontecer

Vem vamos embora que esperar não é saber, quem sabe faz a hora, não espera acontecer

“Pra não dizer que não falei das flores” (também conhecida como “Caminhando”) é uma canção escrita e interpretada por Geraldo Vandré. Ficou em segundo lugar no Festival Internacional da Canção de 1968 . Teve sua execução proibida durante anos, após tornar-se um hino de resistência do movimento civil e estudantil que fazia oposição à ditadura militar brasileira, e ser censurada.

O sucesso da canção, que incitava o povo à resistência, levou os militares a proibi-la, usando como pretexto a “ofensa” à instituição contida nos versos “Há soldados armados, amados ou não / Quase todos perdidos de armas na mão / Nos quartéis lhes ensinam uma antiga lição / de morrer pela pátria e viver sem razão”.

A primeira cantora a interpretar “Caminhando” após o período em que a canção esteve censurada foi Simone, em 1979, conquistando enorme sucesso de crítica e público. A canção também foi regravada por Luiz Gonzaga , Ana Belém, Zé Ramalho e Charlie Brown Jr.

A versão do artista é totalmente diferente da apresentada pela mídia. Quem manipulou? Quem foi manipulado? E, por quê? Por que foi exilado durante a ditadura? Lavagem cerebral? Trauma pós-ditadura?

Fontes: Wikipédia e Youtube

1 comentário em “Vem vamos embora que esperar não é saber, quem sabe faz a hora, não espera acontecer

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.